Suspeito de ataque em Araçatuba é achado morto em Sumaré
Reprodução: ACidade ON
Suspeito de ataque em Araçatuba é achado morto em Sumaré

Um homem suspeito de ter participado do ataque em Araçatuba nesta semana foi encontrado morto nesta quarta-feira (1º) em um terreno no bairro Jardim Bela Vista, em Sumaré .  

Você viu?

A vítima, de 47 anos, vestia um colete à prova de balas, e carregava estojo de munição de fuzil e R$ 800 em dinheiro.

As notas estavam contaminadas com tinta e sangue. Segundo a Polícia Civil, a suspeita é que ele tenha integrado a quadrilho que atacou três bancos em Araçatuba. Até o momento, ao menos cinco suspeitos estão presos.

Nesta quarta-feira, a SSP (Secretaria de Segurança Pública) de São Paulo disse que a PM (Polícia Militar) foi acionada hoje através de uma denúncia anônima. A informação é que um corpo teria sido lançado para fora de um veículo. A irmã da vítima reconheceu a vítima.

Ela disse que o irmão estava fora de casa havia três dias e que tinha envolvimento com o roubo de cargas. Ainda de acordo com a polícia, no corpo foram identificados ferimentos de armas de fogo nas duas pernas.

O homem também vestia coturno tático e uma jaqueta preta. "Foram solicitados exames periciais ao Instituto de Criminalística (IC) e IML e o caso registrado como morte suspeita pela delegacia de Sumaré", diz a nota.

EM CAMPINAS

Em Campinas, outro homem suspeito de envolvimento no ataque a agências bancárias em Araçatuba foi preso na noite de segunda-feira (30) na cidade.

De acordo com a Polícia Federal, ele foi detido por policiais da Deic (Divisão Especializada de Investigações Criminais). Segundo a corporação, ele admitiu a participação no crime, e estava sem armas e sem dinheiro quando foi detido.


EM ARAÇATUBA

A suspeita é que pelo menos 20 criminosos tenham participado do ataque, que deixou três pessoas mortas na madrugada de segunda-feira, sendo eles dois moradores da cidade e um assaltante.

A ação criminosa em Araçatuba, cidade na região noroeste de São Paulo, durou cerca de duas horas, entre ataque às agências, tiroteio e fuga. Ainda não foram divulgadas informações de quanto foi roubado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários