Iracema de Magalhães Lima foi atropelada no dia 19 e morreu seis dias depois.
Divulgação/Arquivo pessoal
Iracema de Magalhães Lima foi atropelada no dia 19 e morreu seis dias depois.


Iracema de Magalhães Lima , atropelada no dia 19 junto com a sobrinha foi enterrada neste domingo (26) em Campinas. Ela teve complicações após passar seis dias internada.

A mulher de 56 anos e a menina de 10 anos estavam em um triciclo elétrico quando foram atingidas por um carro branco no Jardim Minda, em Hortolândia.

De acordo com a sobrinha, um homem e uma mulher desceram do veículo para ver o que havia acontecido, mas saíram logo depois sem prestar socorro. As duas foram socorridas por vizinhos. 

A criança teve escoriações. Já Iracema, que era portadora de deficiência física, teve uma fratura com hemorragia na perna direita. Ela foi internada para tratar o ferimento e teve alta no dia 24.



No dia seguinte, porém, passou mal e voltou para o hospital.
Novamente atendida, ela teve infecção generalizada e morreu durante a noite. O sepultamento aconteceu logo depois

De acordo com a Polícia Civil de Hortolândia, o caso continua sendo investigado, mas o motorista ainda não foi identificado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários