Estado anuncia aumento de repasse a sete hospitais de Campinas
Reprodução: ACidade ON
Estado anuncia aumento de repasse a sete hospitais de Campinas

O governo estadual anunciou uma ampliação de repasse anual par a sete hospitais de Campinas por meio do programa Mais Santas Casas. No total, o apoio financeiro do estado passará de R$ 6,1 milhões para R$ 39,7 milhões às unidades de Campinas.

O maior aporte é no Hospital PUC-Campinas, que atende pacientes SUS e também convênios médicos. O valor aumentará de R$ 3,1 milhões para R$ 35,2 milhões. O total é 11 vezes maior que o atual.

O anúncio oficial ocorrerá neste sábado (2), quando o vice-governador Rodrigo Garcia visita a unidade em Campinas.

Com o apoio financeiro, o hospital da PUC vai aumentar a oferta de atendimentos de cardiologia para 58 procedimentos mensais. No tratamento a pacientes com câncer, serão 505 atendimentos entre cirurgias, tomografias e ressonâncias.

O recurso extra também permite a ampliação de dois leitos, sendo uma UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e uma unidade coronariana.

O Hospital PUC-Campinas atende casos de média e alta complexidade com capacidade de 355 leitos mais de 60% das vagas são destinadas ao SUS.

Os outros cinco serviços de Campinas que receberão mais verbas do Estado são:


- Centro Infantil Boldrini;

- Maternidade de Campinas;

- Hospital Sobrapar;

- Real Sociedade Portuguesa de Beneficência;

- Hospital Irmãos Penteado

- Santa Casa.


Essas unidades receberão juntas R$ 4,3 milhões anualmente.

EM JAGUARIÚNA

Após a visita a Campinas, o vice-governador participa de eventos públicos em Jaguariúna. Ele autorizou a construção de um novo empreendimento habitacional na modalidade Nossa Casa-Preço Social, com preços subsidiados a famílias de baixa renda.

O subsídio assegurado pelo Governo do Estado é de R$ 7,8 milhões. Dos 312 apartamentos previstos para o novo conjunto, 122 serão obrigatoriamente destinados a famílias com renda de até três salários mínimos ao preço social de R$ 100 mil por imóvel.



Outro aporte de R$ 1,2 milhão será aplicado para construir 120 moradias no município de Santo Antônio da Posse.

Garcia também vai autorizar a liberação de três novos convênios com a Prefeitura de Jaguariúna. O investimento é dividido em R$ 4 milhões para obras de pavimentação asfáltica no município - R$ 2 milhões via Estado e o restante pelo município, R$ 350 mil para reforma e ampliação de creche e R$ 835 mil para a construção de um centro de saúde.

Leia Também

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários