Pátio Ferroviário do Centro será restaurado.
Divulgação
Pátio Ferroviário do Centro será restaurado.


Leia Também

Leia Também

A Prefeitura de Campinas e os organizadores da Campinas Decor, mostra de arquitetura, decoração e paisagismo, assinaram na tarde desta terça-feira (9) o protocolo de intenção para a recuperação de um edifício histórico da cidade.

O local escolhido, conhecido como prédio do Relógio, fica no complexo do Pátio Ferroviário, área onde atualmente está instalada a sede da Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas), no bairro Vila Industrial.

Apesar de cedido à empresa de trânsito do município, o espaço pertence à SPU (Secretaria do Patrimônio da União) e vai passar por obras de conservação para a realização do evento, que acontece entre os meses de julho e agosto de 2022.

Esta será a décima vez que a organização irá recuperar um imóvel do patrimônio público. Após a exposição, que ainda não tem os dias de início e término definidos, a estrutura será devolvida para uso do município com todas as melhorias.

Antes de ser preparado para a solenidade que marcou o início dos trabalhos de revitalização, o local foi esvaziado ao longo dos últimos meses. Antes, mais de mil veículos apreendidos e abandonados ocupavam as áreas internas e externas.

"Não entendia ver esse prédio maravilhoso sendo usado como barracão para veículos. Tanto que houve um entendimento entre a Prefeitura, a Emdec e a Polícia Civil para que fossem aos leilões", afirmou o prefeito Dário Saadi (Republicanos).



O presidente da empresa municipal, Ayrton Camargo e Silva também valorizou o projeto. "É um prédio importante para a história do desenvolvimento econômico da cidade. No ano que vem teremos esse prédio entregue à população", disse.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários