Cidades da região fazem mutirões de testagem para sífilis e HIV.
Eliandro Figueira/RIC-PMI
Cidades da região fazem mutirões de testagem para sífilis e HIV.


No Dia Mundial da Luta Contra a Aids, celebrado nesta quarta-feira (1º), algumas cidades da Região Metropolitana de Campinas participam da campanha "Fique Sabendo" , promovida pela Secretaria de Estado da Saúde. A ação realiza testagem de HIV e Sífilis gratuitamente. Em Campinas, os testes acontecem na Praça da Catedral (saiba mais abaixo). 

O objetivo da campanha é levar os testes a mais pessoas, com garantia de sigilo, confiança, qualidade no processo diagnóstico e acesso ao tratamento. Por isso, além das testagens realizadas nas UBS (Unidades Básicas de Saúde), o serviço é oferecido também em outros pontos dos municípios participantes. 

Embora a campanha ocorra no mês de dezembro, o Estado de São Paulo oferta testes para HIV e sífilis gratuitos o ano todo. Saiba onde no site www.crt.saude.sp.gov.br

Em Campinas, Paulínia, Valinhos e Indaiatuba, as prefeituras detalharam como a Campanha está sendo realizada nesta quarta-feira. Confira: 

CAMPINAS 

Em Campinas, a ONG Terra das Andorinhas realiza os testes rápidos para HIV, na Praça Catedral, no Centro da cidade, entre 9h e 14h. 

INDAIATUBA 

Leia Também

Em Indaiatuba, a testagem rápida para o HIV e a Sífilis acontece no Boulevard da Cecap, das até às 18h. Os moradores podem buscar o serviço nesta quarta-feira em todas as unidades de saúde. Caso seja necessário, a equipe encaminha o paciente para Central de Testagem e Aconselhamento. 

Leia Também

VALINHOS 

Em Valinhos, além da testagem rápida para o HIV e a Sífilis, os moradores do município podem fazer também testes para identificação de Hepatites B e C. A ação acontece no Cedic. Os moradores podem procurar o serviço de segunda a sexta-feira, entre 8h e 11h e 13h e 16h. A campanha começou em 22 de novembro e se estende até a próxima segunda-feira (6), mas outras unidades de saúde também oferecem os testes. 

PAULÍNIA 

Paulínia realiza os testes na Praça da Amizade, em frente à delegacia, até às 13h. Após os testes, às 16h, será realizado um evento com o coletivo "Boca de Sissi" sobre as doenças sexualmente transmissíveis. 


SOBRE HIV E SÍFILIS 

Ambas as doenças podem ser transmitidas ou adquiridas através da relação sexual desprotegida, ou por meio do contato com mucosas ou área ferida do corpo, além do compartilhamento de seringas e agulhas. Também pode ocorrer transmissão congênita, ou seja, quando as crianças já nascem portadoras dos vírus. 

Nem toda a pessoa que se infecta pelo HIV tem Aids. Isto porque algumas pessoas podem não desenvolver sintomas mesmo após a infecção e neste caso, passam a viver com o vírus. A Aids é o estágio mais avançado da infecção pelo HIV e surge quando o organismo apresenta baixa imunidade, facilitando o aparecimento de outras infecções oportunistas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários