Campanha Adote um Amigo promove adoção de 300 animais abandonados em Campinas
Reprodução: ACidade ON
Campanha Adote um Amigo promove adoção de 300 animais abandonados em Campinas


O DPBEA (Departamento de Proteção e Bem-Estar Animal) de Campinas está realizando neste fim de ano a campanha "Adote um Amigo", para incentivar a adoção responsável de cães e gatos em Campinas.

O reforço da iniciativa, segundo a Prefeitura, acontece após um aumento significativo no número de animais abandonados durante a pandemia.

No total, o departamento tem hoje cerca de 300 animais abandonados, entre cães e gatos, aguardando uma família. Alguns estão em tratamento e outros já disponíveis para adoção (Saiba como adotar abaixo).

QUEDA NO NÚMERO DE ADOÇÕES

Segundo o diretor do DPBEA, Vagner Bellini, além do aumento de abandono, a organização está passando por uma drástica queda no número de adoções. 

"Temos uma grande preocupação agora, pois nesta época do ano o número de adoções cai muito. E além de cair a adoção, aumenta a quantidade de abandono", disse.  

Leia Também

CUIDADOS ANTES DA ADOÇÃO

Segundo ele, os animais resgatados pelo departamento são examinados e recebem todos os cuidados veterinários necessários antes da adoção. A ideia é incentivar o acolhimento responsável no município, pois o animal já sai de lá clinicado, microchipado, vacinado, castrado e vermifugado.

COMO ADOTAR

Para adotar um cão ou um gato, o interessado deve entrar no site portalanimal.campinas.sp.gov.br , e seguir o passo a passo abaixo:

- Clicar na imagem do animal que deseja adotar;

- Clicar em "Quero Adotar", no ícone que está localizado no espaço inferior de cada página; 

- Preencher um pequeno formulário e aguardar o contato da equipe do DPBEA (que é feito no mesmo dia). 

ADOÇÃO RESPONSÁVEL

Apesar do incentivo, o departamento reforça a grande responsabilidade assumida no processo de adoção, promovendo a posse responsável.
É preciso estar consciente de que será o responsável pelo animal em todas as etapas de sua vida. 

Entre os cuidados necessários, estão a alimentação adequada, água fresca, higiene, próximas vacinas, cuidados médico-veterinários, atenção e muito carinho.

"É muito importante que não se adote um animal por impulso, o ato deve ser resultado de uma decisão familiar, com o entendimento de que quando se adota um animal, se assume a responsabilidade por uma vida", afirma o veterinário do DPBEA, Paulo Anselmo.

O abandono e/ou maus tratos a animais configura crime segundo a lei municipal nº 15.449/17 , que estabelece normas envolvendo a proteção, defesa e bem-estar animal no município de Campinas. 



O artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais (Lei nº. 9.605/1998), da legislação federal, penaliza com detenção de três meses a um ano quem pratica maus tratos a animais. 

Eventuais denúncias de abandonos e maus tratos podem ser realizadas pelo sistema 156 da Prefeitura de Campinas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários