Aves aquáticas morreram no parque.
REPRODUÇÃO/ EPTV
Aves aquáticas morreram no parque.


Em dois dias, 33 aves aquáticas morreram no Parque Linear José Mingone, no Jardim Paraíso de Viracopos, em Campinas. As mortes começaram na última terça-feira (14) e são investigadas pela Prefeitura. 

Leia Também

Segundo o veterinário do Bosque, Douglas Presotto, que atendeu os animais, 20 patos, seis gansos e sete marrecos apresentaram problemas neurológicos, como paralisia e dificuldades em locomoção . O profissional foi até o parque para fazer coleta dos animais para a realização de exames, que devem ter o resultado pronto em até quatro semanas. 

Ainda de acordo com Presotto, a suspeita é que a causa da morte seja infecção por alguma toxina produzida por micro-organismos presentes na água da lagoa, uma vez que só as aves aquáticas morreram. A Sanasa foi acionada e já coletou amostra da água da lagoa para exames. 


Segundo a Prefeitura, não há risco para humanos, visto que os frequentadores do parque não têm contato direto com a água da lagoa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários