Água invadiu corredor do Parque Dom Pedro Shopping.
Reprodução
Água invadiu corredor do Parque Dom Pedro Shopping.


Campinas entrou em estado de atenção nesta quarta-feira (19) após registrar 82,8 milímetros de chuva no acumulado das últimas 72 horas , o que eleva o risco de deslizamentos de terra e transtornos na cidade. O aviso foi divulgado durante a manhã pela Defesa Civil estadual. 

Segundo a corporação, no pluviômetro do Cemaden (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais) em Barão Geraldo, a medição chegava a quase 83 milímetros durante na madrugada.  O estado de atenção é colocado quando a cidade atinge mais de 80 milímetros acumulados.

Ontem, a forte chuva causou transtornos na cidade, e a previsão é de chances de temporais também nesta quarta (leia mais abaixo). 

Outras cidades da região também foram colocadas em estado de atenção , como é o caso de Hortolândia, com 97 milímetros de chuva acumulados e Pedreira, com 92 mm. As demais cidades da RMC (Região Metropolitana de Campinas) permanecem em estado de observação. 

TRANSTORNOS

As chuvas fortes que atingiram Campinas na noite de ontem (18) provocaram transtornos na cidade e alagamentos em pelo menos 15 casas. 

Leia Também

O temporal resultou em queda de granizo em alguns bairros e também alagamentos em outros pontos da cidade, como ruas e até mesmo dentro de um shopping. Vídeos feitos dentro do Parque Dom Pedro Shopping mostram corredores inundados e funcionários de um loja utilizando rodo para tirar a água do local (veja vídeo abaixo).  


Leia Também

Segundo o balanço da Defesa Civil, divulgado na manhã de hoje (19), a corporação foi acionada para 15 alagamentos de imóveis. 

Nove das ocorrências de alagamento foram registradas no Núcleo Residencial Gênesis, três no Parque imperador, uma no Jardim Madalena, uma no bairro Chácara Primavera e uma no Parque São Quirino. 

Além dos alagamentos, a Defesa Civil foi acionada para cinco quedas de árvore, uma queda de galho de árvore e um alagamento de via pública, no Jardim Santa Mônica. 


PREVISÃO DE MAIS CHUVA

Para hoje, segundo o Cepagri (Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura), da Unicamp, há fortes indícios de potencial para o desenvolvimento de tempestades , que podem ser severas e podem resultar em chuva localmente intensa/volumosa, rajadas de vento e não se descarta ocorrência de granizo. 

As condições de tempo dessa semana são típicas de verão, com nebulosidade variável (momentos de predomínio de sol, mas condição para formação de nuvens profundas ao longo do dia, culminando em pancadas de chuva), e se mantêm até a sexta-feira.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários