Material apreendido pela Guarda Municipal.
Arquivo/PMC
Material apreendido pela Guarda Municipal.


A GM (Guarda Municipal) de Campinas apreendeu 1,1 mil porções de crack na operação "Centro Seguro", deflagrada na tarde de quinta-feira (4). Além das apreensões, a ação resultou na prisão de duas pessoas por tráfico de drogas. 

O balanço foi divulgado na manhã desta sexta-feira (4) pela Prefeitura de Campinas. As drogas foram encontradas em duas bancas que funcionavam como barbearia (leia mais abaixo). 

O objetivo da operação é coibir o tráfico de entorpecentes e inibir furtos na região do Centro. A ação ocorreu nos pontos com maior número de denúncias de roubos, furtos e consumo de drogas. 

Ao todo foram apreendidos 1.152 porções de crack, 20 porções de cocaína, 17 porções de maconha, mais de R$ 800 em espécie (grande parte em moedas de R$ 1) e dois telefones celulares. 

Duas pessoas foram presas por tráfico de drogas e um indivíduo indiciado por porte de drogas para consumo pessoal. A ocorrência foi apresentada no 1º Distrito Policial de Campinas. 

Leia Também

BANCAS 

No Terminal Central, a Guarda encontrou duas bancas que funcionavam como barbearia e escondiam uma grande quantidade de drogas e dinheiro em espécie. A Setec também participou da operação e lacrou os estabelecimentos. 

Leia Também

"Os responsáveis por estas bancas perceberam a chegada das viaturas e saíram correndo, fugindo, abandonando a banca, deixado até os celulares para trás", disse o secretário de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública, Christiano Biggi. 

OUTRO LOCAL 

Na Rua Álvares Machado, uma outra equipe da GM fiscalizou uma pensão e localizou em um quarto uma grande quantidade de entorpecentes, dinheiro, além de quatro rodas e um estepe, que, provavelmente, são frutos de roubo.  


Os indivíduos que ocupavam o quarto foram identificados e presos. A corporação ainda apreendeu duas motocicletas que estavam com documentação irregular. A Polícia Civil vai investigar o caso. 

De acordo com a GM, é importante que a população continue denunciando as ocorrências por meio do telefone 153 para qas situações de criminalidade possam ser mapeadas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários