Após dois dias, paralisação de peritos do INSS é encerrada.
Reprodução/Agência Brasil
Após dois dias, paralisação de peritos do INSS é encerrada.


Após dois dias, a paralisação de peritos do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) chegou ao fim nesta quinta-feira (10). Com isso, os atendimentos foram retomados, mas ainda com prejuízos, sendo que algumas pessoas conseguiram remarcar a perícia somente para o mês de março.

Em Campinas, a agência central do INSS, no Centro, retomou o atendimento às 8h, sem registro de fila.

Nos últimos dois dias, quem chegou na agência em Campinas para tentar marcar ou fazer a perícia não conseguiu. O procedimento serve para liberar benefício por afastamento de trabalho.

Entre os benefícios estão o auxílio-doença e aposentadoria por incapacidade permanente, por exemplo. Só em Campinas, a estimativa é que pelo menos 200 segurados deixaram de ser atendidos nesses dois dias.

Os médicos peritos alegam que a greve foi pra chamar a atenção do governo federal para as reivindicações da categoria, como recomposição salarial e melhores condições de trabalho.

REINVIDICAÇÕES

Em ofício enviado ao ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, os médicos peritos exigem uma recomposição salarial de 19,99%, relativa às perdas com a inflação de 2019 a 2022, a fixação do número máximo de 12 atendimentos presenciais como meta diária e a realização imediata de concurso público.



Segundo a ANMP, a falta de servidores chega a 3 mil, e os peritos pedem a realização de um novo concurso público. 

Leia Também

O INSS 

O INSS foi procurado para comentar o caso, mas não retornou até o momento.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários