Idosas moravam em casas com situação precária.
REPRODUÇÃO/ EPTV
Idosas moravam em casas com situação precária.


As irmãs gêmeas de 91 anos, que foram encontradas com sinais de maus-tratos na noite de ontem (16), em Hortolândia, serão encaminhadas para um asilo da Prefeitura.

As vítimas passaram a noite em observação para avaliar as condições de saúde. Elas serão encaminhadas para uma Instituição de Longa Permanência para Idosos do município, onde ficarão até que a situação seja definida pela Justiça.  

O filho de uma delas, que seria o responsável pelos cuidados das duas, prestou depoimento e foi liberado. O caso vai ser encaminhado à Justiça 

O CASO

A GM (Guarda Municipal) e funcionários do Conselho do Idoso e do Departamento de Direitos Humanos da Prefeitura foram ao local ontem (16) após receberem a denúncia de uma vizinha.  As idosas moravam sozinhas em casas vizinhas, vivendo sem condições de higiene e estrutura básica em um terreno no Parque Odimar. 

Leia Também

As mulheres foram encontradas em condições insalubres, em espaços com sujeira, objetos espalhados, forte odor além de estarem sem alimentos. Uma vizinha das idosas afirmou que o filho de uma delas proibiu visitas e que pessoas levassem comida até às mulheres. 

Leia Também

Além da falta de estrutura, as duas idosas tinham dificuldades para se locomover e faziam as necessidades nas roupas. De acordo com as equipes, somente a casa da mãe do dono do terreno tinha comida e água suficientes. 

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi chamado e socorreu as mulheres, que foram encaminhadas à UBS (Unidade Básica de Saúde) do Jardim Rosolém.   


O DEPOIMENTO

Segundo os policiais, o filho de uma das idosas, de 50 anos, informou no depoimento que trabalha em Cabreúva e que retornava para a casa da mãe somente aos fins de semana.

Ele também disse que as duas idosas recusavam uma cuidadora com elas. O caso foi registrado por meio de Termo Circunstanciado de expor a perigo a integridade e saúde. O homem foi ouvido e liberado.

Locais onde as idosas viviam eram repletos de sujeira (Foto: Reprodução/EPTV Campinas)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários