Homem empurrou a mulher diversas vezes dentro do ônibus.
Reprodução
Homem empurrou a mulher diversas vezes dentro do ônibus.



A passageira feita refém de um assaltante dentro de um ônibus na tarde de ontem (24), em Campinas, relatou momentos de pânico e terror enquanto era ameaçada pelo criminoso.

O homem usou uma faca de 30 centímetros e dizia que ia matar a mulher se equipes de polícia entrassem no coletivo . O crime aconteceu na Avenida John Boyd Dunlop em um ônibus da linha 231, que liga o Jardim Satélite Íris I ao Terminal Central. 

"Na saída do Terminal ele viu as outras viaturas. Ele ficou bem agitado, grudou no meu pescoço e começou com a faca, falando para eles que ia me matar se eles entrassem" , disse a mulher de 51 anos, que preferiu não se identificar. A vítima ficou com marcas da faca pelo pescoço, colo e braço. 

Apesar do terror, a mulher foi libertada sem ferimentos. 

Leia Também

O SEQUESTRO

Segundo a secretaria de Segurança Pública, o criminoso entrou no coletivo e tentou assaltar os passageiros. Ele ordenou que o motorista mudasse a rota e a Guarda Municipal acabou avisada. Segundo a Guarda Municipal, o ônibus ficou controlado pelo rapaz com a faca por cerca de cinco quilômetros. 

Um vídeo feito por uma testemunha mostra uma viatura da GM a frente do coletivo da linha 231 enquanto membros armados da corporação andam ao lado do veículo. Do lado de dentro, o homem aparece ameaçando a vítima com uma faca. Quando o ônibus para um dos guardas fala com o criminoso por uma das janelas enquanto ele empurra a mulher.  

Leia Também


As imagens não mostram o momento da abordagem e da rendição, mas o homem foi detido pela corporação. 

"Acredito que, ao ver a quantidade de viaturas e policiais no local, ele não viu outra opção a não ser entregar. Foi quando ele baixou a guarda e nós fizemos a intervenção", explicou o guarda Levi Souza, que participou da operação. Segundo ele, o ônibus percorreu a Avenida John Boyd Dunlop enquanto as viaturas seguiam o veículo. 


O homem foi preso em flagrante e o caso foi registrado na 2ª Delegacia Seccional de Campinas como grave ameaça e roubo qualificado tentado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários