Bebê de 6 meses que levou garrafada segue internada em Campinas.
Reprodução
Bebê de 6 meses que levou garrafada segue internada em Campinas.


Leia Também

A bebê de 6 meses que levou uma garrafada do próprio pai e sofreu traumatismo craniano segue internada em Campinas. O caso ocorreu na noite de sábado (5), no bairro Planalto de Viracopos. O pai, de 23 anos, suspeito da agressão, ainda não foi localizado.

Após ser atingida, a criança foi levada para o Hospital Municipal Mário Gatti, onde está internada acompanhada da mãe.

No hospital, a bebê foi diagnosticada com traumatismo crânio encefálico e teve sangramento interno, mas sem indicação cirúrgica e estava na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) pediátrica.

Hoje, segundo informação da assessoria do Mário Gatti, a bebê está bem e estável. Ela segue em observação. Já segundo a Polícia Civil, o pai da criança, acusado da agressão, ainda está sendo procurado.

A AGRESSÃO

Segundo o boletim de ocorrência, a mulher de 19 anos estava com a criança em um parque e, quando voltava para casa, no sábado, por volta de 22h30, passou no bar onde o marido ficou o dia todo. Ela teria chamado o homem para voltar para casa.

De acordo com o relato, o homem ficou bravo e respondeu que voltaria quando quisesse. Quando a mulher já estava indo embora a, o marido puxou o cabelo dela e, em seguida, pegou uma garrafa e acertou a cabeça da bebê.



Em seguida, o rapaz começou a agredir a esposa e pessoas que estavam na rua tiveram que retirar a criança do colo dela. A vítima recebeu socos, tapas e chutes dados pelo marido, segundo o boletim de ocorrência. Os moradores tentaram bater no suspeito, que fugiu correndo.

Ontem (6), a Polícia Militar esteve no Mário Gatti, acompanhando o caso. A jovem de 19 anos pediu medidas protetivas durante a elaboração do registro policial. Ela é casada com o homem há dois anos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários