Vereadores aprovam criação de ambulatório móvel para pets.
Fernanda Sunega/PMC
Vereadores aprovam criação de ambulatório móvel para pets.


Os vereadores de Campinas aprovaram nesta segunda-feira (7), por unanimidade e em análise final, o PL (Projeto de Lei) que prevê  a implementação de um ambulatório veterinário móvel para atendimento gratuito a cães e gatos em Campinas.  

O projeto, que agora segue para sanção do prefeito para que se torne lei, tem como objetivo levar atendimento veterinário móvel a todos os bairros, em especial na periferia, onde as pessoas não têm condições de pagar consultas para os animais.

"É um projeto de extrema relevância, em especial para as pessoas que não têm condição de pagar veterinário. Cada dia o ambulatório móvel estará em um bairro, oferecendo consultas, vacinação, vermifugação e orientação aos proprietários, também em um trabalho preventivo", justificou o vereador autor do projeto, Permínio Monteiro (PSB).

IMPLANTAÇÃO 

Leia Também

O Executivo já havia anunciado no último mês que terá duas unidades de ambulatório móvel veterinário para atendimento gratuito de cães e gatos (leia aqui) . A licitação para contratar as unidades no projeto "Clínica veterinária móvel para cães e gatos" será aberta entre dois a três meses, informou a Administração.

O autor do projeto afirmou que o Executivo sabia do projeto e já foi destinada verba para o custeio.  

Leia Também

OUTROS PROJETOS 

Entre os demais projetos discutidos hoje, foi aprovado em primeira análise um projeto do vereador Paulo Gaspar (Novo) que torna obrigatória a instalação, nas redes elétricas de equipamentos de lazer e de iluminação, situados em praças e parques públicos, de dispositivos de proteção a corrente diferencial-residual que impeçam que choques elétricos sejam fatais. 

Em fevereiro de 2021, um homem morreu eletrocutado na Lagoa do Taquaral após encostar em um poste.


"No ano passado ocorreu falecimento de um amigo pessoal, Eduardo Girotto, que estava jogando tênis na Lagoa do Taquaral e ao encostar em um poste teve um choque fatal. Esta fatalidade que nos despertou o sentimento para fazer esse projeto, pois existe um dispositivo conhecido popularmente como DR que interrompe a corrente elétrica quando há uma descarga e a pessoa não sofre um choque fatal", disse o parlamentar. 



Ainda em primeira análise foi aprovado um projeto do vereador Rubens Gás (União) que disponibiliza a instalação de pontos de recarga e validação de créditos do Bilhete Único em centros universitários e hospitais públicos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários