Medidas de segurança, como distanciamento social, foram tomadas para a retomada.
Divulgação/Unicamp
Medidas de segurança, como distanciamento social, foram tomadas para a retomada.



Depois de adiar o retorno presencial no início do mês, a Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) retoma hoje (14) as aulas presenciais.


A universidade estava há dois anos sem aulas nos campi, depois de suspender as atividades no dia 12 de março de 2020. Na época, a Unicamp foi a primeira a tomar a decisão, por causa do avanço do coronavírus no país.

Para retornar ao campus, os alunos terão que apresentar o comprovante de vacinação contra a covid-19.

O RETORNO

As atividades no campus da universidade foram retomadas em setembro de 2021, para funcionários e docentes.

De acordo com a Unicamp, o retorno dos alunos acontece após um longo período de monitoramento dos casos entre estudantes, funcionários e docentes, além do avanço da vacinação.

O retorno havida sido definido para 3 de março inicialmente. A data foi alterada pela reitoria, entretanto, pelo alto número de casos da variante ômicron no início do ano e por causa do Carnaval.

VACINAÇÃO OBRIGATÓRIA

Para frequentar as aulas, os alunos deverão comprovar a finalização do ciclo vacinal, com duas doses ou uma em acordo com a vacina disponível.

Segundo a universidade, a medida foi aprovada em janeiro pela Cepe (Câmara de Ensino, Pesquisa e Extensão) do Consu (Conselho Universitário).

De acordo com a vice-reitoria na ocasião, a medida "tem apresentado boa aceitação e os casos pontuais de não vacinados têm sido resolvidos".

Leia Também



MOBILIDADE

Recentemente, passageiros da linha 332, que vai para o HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp, reclamaram da superlotação nos ônibus no horário de pico. (inserir link)

A Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas) informou que deve acompanhar a demanda na linha e pode aumentar a oferta de veículos conforme a necessidade.

A empresa disse ainda que a linha que vai para a universidade é a 330, que já começa a ter acréscimo de veículos a partir de hoje.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários