ACidade ON

UTI-Covid: Campinas abre mais 25 leitos, mas ocupação não diminui
Reprodução: ACidade ON
UTI-Covid: Campinas abre mais 25 leitos, mas ocupação não diminui

Você viu?

Apesar de Campinas ter aberto mais 25 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) exclusivos para pacientes com Covid-19 , a taxa de ocupação não abaixou nesta quarta-feira (3).

Além disso, a Administração também informou hoje que não há mais leitos vagos de UTI para covid-19 na rede municipal, e que a cidade já enfrenta fila de espera para leitos também voltados para outras doenças.

Os únicos três leitos municipais livres são exclusivos para mulheres grávidas, no Hospital Maternidade de Campinas, e que não podem ser usados por outro paciente. De acordo com o balanço enviado pela Secretaria de Saúde na tarde de hoje, a rede privada abriu mais 25 leitos.

Campinas conta, hoje, com com 315 leitos de UTI-Covid nas redes pública e particular. Deste total, 284 estão ocupados, o que corresponde a 90,16%. Há 31 leitos livres somando as redes pública e particular. Ontem a taxa era de 90,69%.



Os leitos estão divididos da seguinte forma:

SUS Municipal: 118 leitos, dos quais 115 estão ocupados, o que equivale a 97,46%. Há três leitos livres.

SUS Estadual: 30 leitos, dos quais 22 estão ocupados, o que corresponde a 73,33%. Há oito leitos livres.

Particular: 167 leitos, dos quais 147 estão ocupados, o que equivale a 88,02%. Há 20 leitos livres.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários