Prefeito Dário Saadi (Republicanos) durante visita ao Ouro Verde.
Eduardo Lopes/Prefeitura de Campinas
Prefeito Dário Saadi (Republicanos) durante visita ao Ouro Verde.

A rede pública de Campinas para pacientes graves de Covid-19 continua 100% lotada nesta segunda-feira (15), segundo levantamento divulgado pela Prefeitura. Os dados mostram que apenas a rede privada tem 19 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) hoje para tratamento de infectados pelo coronavírus no município.

Na última semana, a cidade ficou dois dias seguidos sem leitos complexos no SUS municipal e estadual para covid e desde o dia 22 de fevereiro os hospitais enfrentam lotação devido ao aumento de casos de coronavírus.

Inclusive, desde terça-feira (9) o HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp está com o atendimento suspenso devido ao aumento de internações de covid-19. As cirurgias eletivas também estão suspensas até o dia 26 de março na Unicamp por conta da situação.

Hoje, a Administração decidiu também restringir o atendimento nos hospitais Mário Gatti e Ouro Verde. Com isso, eles passam a atender somente casos de urgência, emergência e trauma - ou seja, apenas casos mais graves.

Você viu?

De uma forma geral, Campinas tem 385 leitos de UTI exclusivos para pacientes com covid-19 nas redes pública e particular. Deste total, 366 estão ocupados, o que corresponde a 95,06%. Ontem, o prefeito Dário Saadi (Republicanos) informou que a cidade mantinha 100 pacientes aguardando leitos de UTI e enfermaria.


Hoje, ele convocou uma reunião com todos os gestores de hospitais públicos e privados, além dos planos de saúde da cidade, para discutir a superlotação no atendimento médico da cidade devido o acirramento da pandemia de covid-19. O resultado desta reunião será informado ainda hoje.

Veja como os leitos estão divididos hoje:

SUS Municipal: 120 leitos, dos quais 120 estão ocupados, o que equivale a 100%. Não há leito livre.

SUS Estadual: 40 leitos, dos quais 40 estão ocupados, o que corresponde a 100%. Não há leito livre.

Particular: 225 leitos, dos quais 206 estão ocupados, o que equivale a 91,56%. Há 19 leitos livres.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários