Campinas bateu novo recorde de internados em UTI-Covid.
Reprodução
Campinas bateu novo recorde de internados em UTI-Covid.

A fila de espera de pacientes suspeitos ou confirmados com Covid-19 por leitos de enfermaria ou UTI-Covid voltou a crescer em Campinas nesta quinta-feira (25). A cidade abriu mais leitos de UTI-Covid, mas voltou a bater o recorde de internados desde junho do ano passado, quando o dado passou a ser divulgado.

De acordo com a Secretaria de Saúde de Campinas, hoje há 213 pacientes na lista de espera. Ontem eram 203 pessoas nesta situação.

Deste total, segundo a Pasta, 122 pacientes aguardam na lista de espera por uma vaga na UTI-Covid. Outras 91 pessoas precisam de uma vaga em leitos de enfermaria.

RECORDE

Na segunda-feira, a cidade registrou 402 internados em UTI-Covid - o recorde até então. Hoje, a marca foi batida e Campinas registrou 412 pacientes em leitos de UTI-Covid.

Você viu?

Ontem Campinas contava com 152 leitos UTI exclusivos para pacientes com covid-19 do município. Hoje, este número cresceu para 157 leitos, mas todos seguem ocupados.

O SUS em Campinas tem duas vagas. Os leitos de UTI-Covid estão livres no HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas).

No total, Campinas conta com 424 leitos de UTI-Covid. Deste total, 412 estão ocupados, o que corresponde a 97,17%. Há 12 leitos livres nas redes pública e particular.


Os leitos estão divididos da seguinte forma:

SUS Municipal: 157 leitos, dos quais 157 estão ocupados, o que equivale a 100%. Não há leito livre.

SUS Estadual: 40 leitos, dos quais 38 estão ocupados, o que corresponde a 95%. Há dois leitos disponíveis.

Particular: 227 leitos, dos quais 217 estão ocupados, o que equivale a 95,59%. Há 10 leitos aptos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários