Gripe: 2ª etapa da vacinação atinge 33,8% de cobertura em público-alvo em Campinas
Reprodução: ACidade ON
Gripe: 2ª etapa da vacinação atinge 33,8% de cobertura em público-alvo em Campinas

A segunda etapa de vacinação contra a gripe em Campinas atingiu a cobertura de 33,8% do público-alvo, de acordo com levantamento divulgado nesta terça-feira (8) pela Prefeitura. Essa segunda fase da campanha foi destinada aos idosos (pessoas com 60 anos ou mais) e aos trabalhadores na área da educação das redes pública e privada, e começou no dia 11 de maio.

A terceira etapa está prevista para começar hoje (9) e vai até 9 de julho (leia mais abaixo). Na segunda etapa, no total, foram vacinados 48,6% dos trabalhadores de saúde (25.516 pessoas), 30,5% dos idosos (62.728) e professores (3.2724).

Junto com estes grupos, continuaram a ser vacinadas puérperas (62,2%), crianças (51,8%) e grávidas (48,1%). Este primeiro grupo começou a ser imunizado no dia 12 de abril e a cobertura vacinal é de 51,5%. Somando as duas etapas de vacinação, a cobertura é de 38,2%.

Você viu?

Apesar do início da fase seguinte, os grupos anteriores podem continuar buscando a vacina da gripe para se imunizar no município.

TERCEIRA ETAPA

A terceira etapa terá início em 9 de junho e vai até 9 de julho alcançando pessoas com comorbidades e com deficiência (física, auditiva, visual, intelectual e mental ou múltipla); caminhoneiros, trabalhadores portuários e de transporte coletivo; profissionais das forças armadas, de segurança e salvamento e funcionários do sistema prisional; população privada de liberdade e jovens e adolescentes sob medidas socioeducativas.


A vacina é em dose única e protege contra Influenza A (H1N1), Influenza A (H3N2) e Influenza B. A vacina está disponível em todos os centros de saúde e não há necessidade de agendamento.

Na primeira fase, a cobertura vacinal de todo o público-alvo foi de 36%, com 52.396 mil doses aplicadas. Os dados são até o dia 7 de maio. A Secretaria de Saúde informou que as pessoas que tenham sido imunizadas contra a covid-19 devem fazer um intervalo de, pelo menos, 14 dias entre uma vacina e a outra.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários