Grupo pró se reúne no Largo do Rosário; há policiamento no entorno.
Cedida
Grupo pró se reúne no Largo do Rosário; há policiamento no entorno.


Manifestantes a favor e contra o governo Bolsonaro fazem neste feriado de 7 de Setembro, dia da Independência, protestos no Centro de Campinas . Por causa das manifestações, há um esquema especial de segurança na região Central.  A avenida Francisco Glicério está fechada para o trânsito de veículos e houve mudanças na parada de ônibus (veja mais abaixo).

O grupo a favor do governo federal protesta no Largo do Rosário. Já os manifestantes contrários estão concentrados no Largo do Pará. As duas praças ficam na mesma avenida, a Francisco Glicério. 

A previsão é os protestantes não se desloquem para evitar confrontos. Apesar disso, a Guarda Municipal e Polícia Militar permanecem nesse entorno fazendo a segurança. 

MOVIMENTO PRÓ

Ambos os grupos começaram a se reunir por volta de 8h nas praças e parte sairá em direção a capital. O protesto a favor de Bolsonaro conta com manifestantes com bandeiras do Brasil e alguns estão vestidos com a camisa da seleção brasileira. 

Durante a manhã, o grupo chegou a cantar o hino nacional na praça. Entre as faixas, estão dizeres como "supremo só o povo", "voto auditável já" e citações de que a intervenção militar seria a "vacina contra a corrupção". 

No carro de som, lideranças de movimentos conservadores de Campinas criticaram o Supremo Tribunal Federal. Disseram que o Supremo tem "atacado liberdades e que é preciso lutar contra a escravidão". O movimento se intitula patriotas e em luta "pela família e pelo cristianismo". 

Manifestantes contrários ao governo estão reunidos no Largo do Pará.
Cedida
Manifestantes contrários ao governo estão reunidos no Largo do Pará.


MOVIMENTO CONTRA

O grupo de manifestantes contrários ao governo federal se reúne com vários apontamentos contra Bolsonaro. Os protestantes levam faixas com dizeres contra o presidente, pedindo impeachment, aumento na vacinação, proteção da Amazônia, defesa da vida, entre outros.

Estão entre os protestantes líderes sindicais, movimentos feministas, partidos políticos além da população. Entre as faixas, há ainda dizeres pedindo respostas sobre o assassinato do ex-prefeito de Campinas, Toninho, do PT. A morte do ex-prefeito vai completar 20 anos na próxima sexta-feira (10).   

Você viu?

BLOQUEIOS E REFORÇO POLICIAL 

A Guarda Municipal de Campinas e a Polícia Militar fazem um cerco no Centro. As corporações disseram que estão atentas para evitar atos de violência no local. As ações tiveram início pela manhã, com bloqueio no trânsito da avenida. 

As corporações também contam com o monitoramento feito por câmeras de segurança e acompanham as movimentações dos grupos nas redes sociais. Denúncias à Guarda Municipal de Campinas podem ser feitas pelo telefone 153. 

Até as 14h de hoje, haverá um bloqueio no trânsito do Centro feito pela Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas) a pedido da PM. A Avenida Francisco Glicério terá bloqueio total no trecho entre a Avenida Dr. Moraes Salles e a Avenida Aquidaban. Também haverá bloqueios parciais no entorno do Largo do Rosário e do Largo do Pará. 

Outros pontos de bloqueio no Centro serão os cruzamentos: Rua Duque de Caxias x Rua Dr. Quirino; Rua Barão de Jaguara x Avenida Aquidaban; e Rua Cônego Cipião x Rua Regente Feijó. 

A orientação geral é de que os motoristas evitem a circulação pela região durante a operação. 


TRANSPORTE PÚBLICO

O bloqueio de trecho da Avenida Francisco Glicério irá impactar na operação de parte do sistema de transporte público que utiliza a via. Os pontos de parada no trecho serão desativados. 

As linhas 173; 253; 342; 344; 345; 349; 359; 360; 361; 366; 367; 395; 403; 408; e 499 seguirão itinerário normal pela avenida, depois circularão pelas avenidas Benjamin Constant, Senador Saraiva (pista externa), Rua Costa Aguiar, Praça Marechal Floriano, Avenida Prefeito José Nicolau Ludgero Maselli, Rua Henrique Barcelos e voltarão para a Avenida Francisco Glicério, retomando o itinerário normal.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários