Orquestra Sinfônica de Campinas se apresenta neste final de semana.
Divulgação
Orquestra Sinfônica de Campinas se apresenta neste final de semana.


A Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas realizará dois concertos gratuitos, na sexta-feira (11) e no sábado (12), com convidadas especiais para exaltar o Dia Internacional da Mulher, celebrado nesta terça-feira, 8 de março. As apresentações, que marcam o início da temporada 2022, terão a presença da maestrina Claudia Feres, Regente Titular e Diretora Artística da Orquestra de Jundiaí. Além disso, a pianista Juliana D’Agostini se apresentará como solista.

Os ingressos serão distribuídos na bilheteria do Teatro com duas horas de antecedência e a entrada será por ordem de chegada. Não será exigida a carteira de vacinação. É obrigatório o uso de máscaras de proteção. Haverá Food Trucks na praça em frente ao Teatro, das 18h às 22h, para atender ao público que irá aos concertos.

“É uma alegria promover esse concerto da nossa Orquestra para homenagear todas as mulheres. Nossa Sinfônica une tradição e vanguarda e, ao longo de sua trajetória, tem revelado ótimas instrumentistas em seu corpo musical e tem sido aberta às mudanças, aos novos ritmos, às manifestações e à diversidade cultural”, destaca a secretária municipal de Cultura e Turismo, Alexandra Caprioli.

Programa

No programa serão apresentadas as obras “Homenagem a Kilkerry”, de Denise Garcia; “Concerto para Piano e Orquestra no.1”, de Félix Mendelssohn-Bartoldy, e “Suíte Orquestral Callirhoë”, de Cécile Chaminade.

“A obra Homenagem a Kilkerry, de Denise Garcia, foi escrita especialmente para a Orquestra Sinfônica de Campinas, inspirada no poeta baiano Pedro Kilkerry”, segundo a musicóloga Lenita Nogueira.

O Concerto para piano No.1 in G minor, Op.25, de Félix Mendelssohn-Bartoldy, foi escrito em 1830 e 1831 em Roma, durante uma viagem à Itália, após ter conhecido a pianista Delphine von Schaurot em Munique. Este concerto foi dedicado a Delphine, filha de uma baronesa.

Cecile Chaminade (1857-1944) foi uma compositora francesa nascida em Paris. Apesar da oposição de seu pai a uma educação musical formal, Chaminade estudou intensamente e teve uma brilhante carreira como pianista e compositora, famosa tanto na Europa quanto na América.

Era mais conhecida por suas peças de piano e canções, embora suas obras orquestrais sempre tenham sido muito apreciadas. A Suíte Callirhoë, para orquestra, estreada em Marselha no ano de 1888, é baseada na Antiguidade Clássica.

Claudia Feres

Nascida em São Paulo, Claudia Feres formou-se em composição e regência pela Unicamp. Após um período em Cincinnati e Chicago, obteve o título de Mestre em música pela Northwestern University (Chicago) sob a orientação do maestro Victor Yampolsky. Estudou com Eleazar de Carvalho, Fábio Mechetti, Henrique Gregori, Teri Murai, Ronald Zollman, Gustav Meier, Robert Gutter e Jorma Panula.

Claudia Feres, Regente Titular e Diretora Artística da Orquestra de Jundiaí.
Divulgação
Claudia Feres, Regente Titular e Diretora Artística da Orquestra de Jundiaí.


Desde 1997 é diretora artística da Escola de Música de Jundiaí, onde coordena a Orquestra de Câmara de Repertório. De 2011 a 2014 foi Regente Titular da Orquestra Juvenil de Heliópolis - Instituto Baccarelli. Em 2011 foi nomeada Regente Titular e Diretora Artística da Orquestra Municipal de Jundiaí, hoje em sua 9ª Temporada.

Juliana D’Agostini

Pianista, cantora e compositora brasileira. Iniciou seus estudos de piano aos cinco anos, influenciada pela família. Juliana é graduada em piano pela Universidade de São Paulo (USP), sob a tutela de Eduardo Monteiro.

Leia Também

Fez aperfeiçoamento nos Estados Unidos sob a orientação de Caio Pagano, no Arizona, de Wha Kyung Byun, em Boston, e de Max Barros, em Nova York; e na França, no Conservatoire de Strasbourg e Académies Internationales d’Été du Grand Nancy.

Juliana D’Agostini se apresenta como solista em Campinas.
Divulgação
Juliana D’Agostini se apresenta como solista em Campinas.


Além de pianista, Juliana é criadora e apresentadora do programa "O Piano Mágico da Ju”, atualmente na TV Cultura, e tem um projeto POP onde é produzida por Jerry Wonda.


Serviço:

Concerto da Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas

Homenagem ao Dia Internacional da Mulher e Abertura da Temporada 2022

Dias e horários: 11 de março (sexta-feira) às 20h e dia 12 de março (sábado), às 19h.

Local: Teatro José de Castro Mendes

Ingresso: gratuito

Os ingressos serão distribuídos na bilheteria do Teatro com duas horas de antecedência e a entrada será por ordem de chegada.

Haverá Food Trucks na praça em frente ao Teatro, das 18h às 22h, para atender ao público que irá aos concertos.

(Informações da Assessoria de Imprensa da Secretaria de Cultura)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários