ACidade ON

Campinas suspendeu aulas presenciais.
Carlos Bassan/Prefeitura de Campinas
Campinas suspendeu aulas presenciais.

O prefeito de Campinas, Dário Saadi (Republicanos), anunciou hoje (2) a suspensão das aulas presencias das escolas públicas e privadas em Campinas . A medida ocorreu durante live pelas redes sociais onde o prefeito informou que Campinas retrocede à fase vermelha do Plano São Paulo de flexibilização da quarentena. As medidas passam a valer a partir de amanhã, dia 3, e segue até o dia 16 de março.

Você viu?

A determinação de suspensão das aulas é para todas as escolas do Estado e particulares. "A única exceção é para os cursos de saúde que podem ter aulas presenciais", afirmou o prefeito. Nesse período apenas as atividades essências poderão funcionar na cidade.

"Durante 14 dias, até o dia 16 de março, poderão funcionar apenas as atividades essenciais na cidade. Não pode academia, cabeleireiro e barbearias, por exemplo. Nenhuma com público. Nós estamos fazendo também uma restrição das igrejas com encerramento das atividades às 20h e com 30% da capacidade. Ainda seguindo as orientações, estão suspensas as aulas presenciais de todos os níveis, com exceção dos cursos superiores da área de saúde", afirmou Peter Panutto, secretário municipal de Justiça.


Ainda segundo o secretário de Justiça, o prefeito como autoridade máxima da cidade tem previsão legal de ser mais restritivo do que o Estado, por isso, a fase vermelha inclui as escolas estaduais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários